A Digitalização, ou Escaneamento 3D, possibilita capturar a superfície de componentes em três dimensões e gerar arquivos digitais para uma vasta gama de aplicações. Com scanners de última geração, a Tryber Tecnologia digitaliza a peça física e viabiliza processos de engenharia reversa para fabricantes de componentes, implementos e máquinas. Conheça, a seguir, as principais aplicações do serviço.

 

Engenharia reversa

É possivel fazer um projeto novo a partir de uma peça existente, fidelizando formas e corrigndo erros de processo, mesmo sem possuir o projeto original. Com isso é possível fabricar peças destinadas a equipamentos que já não encontram itens de reposição no mercado.

 

Checagem de protótipos

A elevada precisão volumétrica da Digitalização 3D auxilia no aprimoramento de peças ainda em fase de prototipagem. Os modelos escaneados são comparados ao projeto original, o que revela eventuais disparidades e permite que sejam feitos ajustes antes da produção em série.

 

Controle dimensional

A Digitalização 3D pode ser aplicada para avaliar as características dimensionais das peças manufaturadas, através do escaneamento periódico de itens produzidos. Este procedimento aprimora o controle de qualidade da indústria e evita desvios dimensionais nos produtos destinados ao mercado.